Margem EBIT

M

O que é Margem EBIT?

A Margem EBIT  é um indicador que possibilita compreender e avaliar a eficiência operacional de uma empresa. Dessa forma, esse índice é utilizado para realizar comparativos da lucratividade operacionais de companhias de setores análogos.

Além disso, a Margem EBIT também pode ser utilizada para mensurar se a empresa está apresentando uma eficiência produtiva. Diante disso, o índice não leva em consideração despesas ou gastos com impostos.

Entretanto, a Margem EBIT não deve ser usada para mensurar se uma companhia terá resultados positivos, visto que, o indicador não é fundamentado pelo lucro líquido.

Logo, esse indicador pode ser visto por analistas financeiros como uma maneira de aproximar-se da margem de lucro operacional de uma companhia. Dessa forma, a Margem EBIT possibilita que os impostos sejam excluídos, assim, proporciona um comparativo de companhias localizadas em diversos lugares.

Como interpretar a Margem EBIT?

O Earnings Before Interest and Taxes (EBIT) possibilita que seja possível verificar a capacidade de uma companhia como geradora de caixa.

Assim, quanto mais alta for a Margem EBIT de uma empresa, mais eficazes serão suas operações.

Entretanto, caso a Margem EBIT revele resultados de baixa, pode indicar que a empresa está com a lucratividade em baixa. Desse modo, o indicador é usado recorrentemente para comparar companhias do mesmo segmento.

Como calcular a Margem EBIT?

A Margem EBIT atua como um indicador que mensura a lucratividade de uma companhia, lembrando que, esse índice não considera juros e impostos.

Assim, para calcular a Margem EBIT será necessário dividir o ebit pela receita líquida da empresa durante um determinado período de tempo, dado que, a receita da companhia já estará líquido de impostos, dentre os impostos estão:

  • COFINS – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social;
  • IPI – Imposto sobre Produtos Industrializados;
  • PIS – Programa de Integração Social;
  • ICMS – Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação.

Logo após, deve-se multiplicar o resultado por 100, para obter um resultado inteiro, mediante a seguinte fórmula:

Margem EBIT = EBIT/ Receita líquida x 100

Assim, o investidor conseguiria se aproximar da margem da lucratividade operacional da companhia, analisando o desempenho da empresa através da receita líquida durante o período temporal determinado.

Exemplo da utilização da Margem EBIT

A Margem EBIT é uma métrica frequentemente utilizada no mercado financeiro, visto que, ela revela indicadores relevantes de empresas. Por exemplo, caso uma empresa tenha um ebit de R$ 300 mil e uma receita líquida de R$500 mil, sua margem seria de 60%.

Além disso, as informações relacionadas a EBIT e receita líquida de empresas, podem ser encontradas no Demonstrativo do Resultado do Exercício (DRE), que podem ser encontradas acessando buscando qualquer ação na busca do Status Invest.

Limitações da Margem EBIT

A Margem EBIT retira os custos oriundos de dívidas, desse modo, o indicador apresenta limitações, visto que, as empresas endividadas não possuem recomendações para serem analisadas mediante a utilização da Margem EBIT.

Por exemplo, algumas empresas utilizam esse indicador de forma enganosa, para aumentar sua aprovação e simular bons desempenhos ao apresentar relatórios de eficiência operacional.

Além do mais, empresas apresentam níveis diferentes de Margem EBITDA, dado que, os segmentos possuem variações, assim, suas margens também.

Foi possível saber mais sobre Margem EBIT? Deixe suas duvidas nos comentários abaixo.

Adicione Comentários