Lucro Líquido

L

O que é Lucro Líquido?

O lucro líquido é considerado o rendimento de uma organização, referindo-se ao ganho real das atividades econômicas da empresa, descontando seus custos.

Dessa maneira, o lucro líquido busca verificar quanto realmente uma empresa recebe como retorno pelo seu fornecimento de produtos e serviços.

Assim, considera-se a disparidade positiva entre os ganhos que a empresa recebe em forma de receita total, pela comercialização de um serviço e/ou produto, e os gastos necessários para a fabricação.

Logo, a partir dos resultados desse indicador, será possível verificar se as empresas estão obtendo retorno nos investimentos, além de conseguir verificar se a organização detém sustentabilidade financeira.

Como interpretar o Lucro Líquido?

O lucro líquido possibilita que seja verificado o rendimento de uma organização. Desse modo, através do valor é possível interpretar se a empresa está sendo lucrativa ou apresentando prejuízo.

Entretanto, deve-se atentar aos resultados obtidos através do cálculo para obter lucro líquido, visto que, uma companhia pode apresentar lucro e estar falida.

Sendo assim, ao interpretar o lucro líquido, é válido verificar o Demonstrativo de Fluxo de Caixa, interpretando esse indicador para entender a conjuntura da organização e também o seu Balanço Patrimonial.

Como calcular o Lucro Líquido?

Para calcular o lucro líquido, é necessário subtrair a receita total da empresa por todos os custos fixos, dentre eles, estão:

  1. Aluguéis;
  2. Salários dos funcionários;
  3. Contas de consumo;
  4. Seguros da organização;
  5. Impostos.

Dado que, as despesas fixas não variam na mesma proporção que o volume produtivo, assim, tratam dos valores que serão quitados, independente da quantidade gerada.

Portanto, para descobrir o lucro líquido deve-se subtrair a receita total da empresa, pelos custos totais, que são os custos fixos e variáveis obtidos pela organização, mediante a seguinte fórmula:

  • Lucro Líquido = Receita total – Custos totais

Exemplos de Lucro Líquido

No cálculo do lucro líquido, obtém-se o resultado do retorno dos investimentos da empresa, além de possibilitar verificar a sustentabilidade financeira da organização.

Por exemplo, a empresa X faturou 150 mil reais no mês de março com a comercialização de cadernos.

Contudo, para produzi-los, os gastos fixos são, em média, 70 mil reais, ressaltando que, essas despesas incluem os gastos com a produção, setores administrativos da organização e impostos.

Dessa forma, a sobra positiva de 80 mil reais é o lucro líquido da empresa. Sendo assim, se o resultado da empresa for negativo pode se considerar um prejuízo organizacional.

Limitações do Lucro Líquido

O lucro líquido coincide ao rendimento alcançado após a subtração de todos os custos fixos.

Entretanto, o lucro líquido possui algumas limitações, dado que, deve-se ter cuidado ao utilizar o indicador como um sinônimo do rendimento líquido.

Visto que, o rendimento líquido é o acréscimo percentual sofrido durante o período de maturação, diferenciando-se do lucro líquido, que é a diferença entre realização e retorno.

Desse modo, diante das limitações que existem no lucro líquido recomenda-se analisar o indicador em conjunto a outros indicadores disponíveis na Demonstração do Resultado do Exercício (DRE). Como também, é recomendado realizar comparações entre empresas do mesmo setor.

É importante também analisar seu grau de endividamento e seu patrimonio líquido, que pode ser observado no Balanço Patrimonial.

Foi possível saber mais sobre Lucro Líquido? Deixe suas dúvidas nos comentários.

Adicione Comentários