P/Ativo

P

O que é o P/Ativo?

O P/Ativo, o Preço da Ação/Total de Ativos, é um indicador que mede a avaliação de mercado de uma empresa em relação ao seus ativos.

O P/Ativo é um dos indicadores utilizados para identificar se um ativo está possivelmente subvalorizado ou sobrevalorizado na bolsa em relação ao seu preço.

O cálculo do P/Ativo é feito dividindo o preço unitário das ações da empresa pelo seu valor contábil por ação, de acordo com o balanço patrimonial da companhia.

É possível afirmar que o valor contábil pode ser entendido como o valor patrimonial líquido de uma empresa, calculado pelos fluxos de caixas futuros descontados a uma taxa de juros trazidos a valor presente. Em geral, o valor de mercado do patrimônio líquido é normalmente mais alto que o valor contábil de uma empresa.

Como interpretar o P/Ativo?

Com o P/Ativo, é possível identificar o valor que o mercado financeiro atribui ao patrimônio de uma empresa em relação ao valor contábil do seu patrimônio. Essa informação é altamente relevante, já que o valor de mercado de uma ação reflete normalmente os fluxos de caixa futuros de uma companhia.

Quanto menor o P/Ativo, menor a relação entre o preço da companhia e seus ativos físicos. Os índices abaixo de 1 costumam indicar empresas que tem seu valor menor que os próprios ativos da companhia.

É importante destacar que a avaliação do Preço sobre Total de Ativos deve ocorrer junto à do retorno sobre patrimônio líquido (ROE). Isso porque a discrepância entre esses dois índices costuma indicar uma supervalorização de ativos. No entanto, muitas empresas de tecnologia tem conseguido crescer com uma estrutura de ativos menor, o que pode indicar um patamar de resultados diferentes para essas empresas.

Como calcular o P/Ativo?

Para fazer o cálculo do P/Ativo, é preciso encontrar o valor contábil por ação, calculado da seguinte maneira:

Valor contábil da empresa / Total de ações em circulação

Após isso, o valor de mercado por ação pode ser obtido apenas avaliando a cotação das ações no momento da análise. Só então, deve-se utilizar a fórmula do P/Ativo:

P/Ativo = Preço da ação / Valor Contábil por ação

Exemplo de utilização do P/Ativo

É possível utilizar uma empresa exemplo com valor contábil de R$40 milhões. Supondo que esta empresa possui 15 milhões de ações em circulação, cada uma representaria R$2,67 em valor contábil.

Se a cotação atual for de R$5,00 por ação, isso significa que o preço de mercado da empresa é avaliado em quase duas vezes seu valor contábil.

Limitações do P/Ativo

Sem dúvidas, o P/Ativo oferece informações altamente relevantes para os investidores. No entanto, para fins de comparação, ele possui algumas limitações, já que não leva em consideração diferentes padrões contábeis aplicados pelas empresas.

Além disso, no caso dos setores de tecnologia, que possui empresas com poucos ativos tangíveis em seus balanços, seu uso pode se tornar menos efetivo. Outro ponto importante sobre o P/Ativo é que ele não leva em consideração cenários não-recorrentes, como aquisições recentes e recompra de ações, que distorcem o valor contábil no período.

Por isso, é importante que, ao buscar ações subvalorizadas, o investidor utilize outras métricas de avaliação junto ao P/Ativo, tornando sua análise mais assertiva.

Foi possível saber mais sobre P/Ativo? Deixe suas dúvidas nos comentários.

2 comentários