VPA

V

O que é o VPA?

O VPA, ou Valor Patrimonial por Ação, é um índice bastante utilizado na comparação entre o valor de mercado e o valor patrimonial de uma determinado ativo.

O VPA representa a divisão entre o valor do patrimônio líquido de uma companhia e seu total de ações emitidas no período.

É comum que os valores de mercado e patrimonial sejam distintos. Por isso, o VPA não deve ser analisado isoladamente. Assim, o investidor consegue interpretar esse indicador de forma eficiente e realista. Vale lembrar que esse índice também pode ser utilizado para a análise de Fundos Imobiliários. Nesse caso, é necessário considerar o Valor Patrimonial por Cota.

Como interpretar o VPA?

Uma boa análise do VPA permite ao investidor a identificação de oportunidades de investimento, mas também de situações arriscadas.

Através da comparação entre o preço de mercado e o valor real dentro da contabilidade da empresa, é possível que o valor oferecido dentro da bolsa seja maior que o VPA. Nesses casos, pode ser um indicativo de que o mercado está disposto a pagar mais pelas ações da empresa, que estão valorizadas.

O que pode indicar um sinal positivo sobre a qualidade da empresa, em um caso de ajuste negativo de expectativas, também pode resultar em prejuízos no momento de venda da ação. Ao mesmo tempo, se o preço de mercado estiver inferior ao seu valor patrimonial, essa não é necessariamente uma boa oportunidade financeira.

Fatores determinantes como a oferta e procura, além de endividamento e histórico de prejuízos precisam ser levados em conta para uma avaliação realista de qualquer companhia. Dessa forma, evita-se desconsiderar dados importantes sobre a saúde financeira da empresa que contribuem para a análise do VPA.

Como calcular o VPA?

Para calcular o VPA, basta dividir o valor do patrimônio líquido pelo total de ações emitidas pela empresa.

Isso pode ser feito a partir da seguinte fórmula do VPA:

VPA = Patrimônio Líquido / Número de ações.

Exemplo de utilização do VPA

Supondo que uma empresa possui um patrimônio líquido de R$ 900 milhões e 40 milhões de ações emitidas, seu valor patrimonial por ação seria:

VPA = 900.000.000 / 40.000.000 = R$22,50 por ação.

Exemplificando: caso a ação dessa empresa esteja sendo negociada na bolsa por R$24,30, é possível afirmar que ela está valorizada no mercado.

Limitações do VPA

Apesar de ser bastante eficiente para a análise do preço de ações, o VPA sozinho não é suficiente para uma boa análise fundamentalista de ações. Isso porque a relação entre preço de mercado e valor patrimonial por ação pode acabar causando resultados distorcidos, se avaliada isoladamente.

Algumas empresas, mesmo com um patrimônio pequeno, apresentam uma ótima rentabilidade. Por conta disso, é comum que o mercado esteja disposto a pagar mais pelo seu patrimônio líquido. Vale ressaltar que esse para realizar comparações de indicadores de valuation, é indicado comparar empresas de setor semelhantes e também com potencial de crescimento parecidos.

Nesse sentido, além do VPA, é importante que outros indicadores sejam considerados dentro de uma análise de investimentos.

Foi possível saber mais sobre VPA? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

6 comentários