Tag Along

T

O que é o Tag Along?

O Tag Along é um sistema de proteção que serve para preservar o interesse dos acionistas minoritários de uma empresa em caso de mudança em seu controle.

O Tag Along tem o intuito de equilibrar a força entre acionistas minoritários e majoritário. Nesse sentido, os acionistas sem o controle da empresa têm a garantia da venda de suas ações, assim como controlador anterior.

A importância do Tag Along está relacionada à confiabilidade na gestão pelos investidores que se tornam acionistas de uma empresa.

Após uma mudança, não há garantia de que as decisões anteriores serão mantidas e de que a empresa irá manter perspectivas positivas para o futuro. Isso vai de acordo com a Tag Along Rights (TAR), que garante o direito de acionistas minoritários se juntarem a uma negociação das ações feita pelos acionistas majoritários nas mesmas condições.

Como saber se uma ação tem Tag Along?

A legislação assegura o direito de Tag Along apenas aos acionistas que possuem ações ordinárias (ON). Isso não significa que os acionistas com ações preferenciais (PN) não podem obter esse benefício, mas sim que ele depende do estatuto da empresa.

É importante destacar que o valor por ação que o acionista minoritário recebe ao exercer o direito de Tag Along não é obrigatoriamente igual ao que o acionista majoritário receberá. O percentual mínimo é de 80%, porém algumas empresas oferecem Tag Along de 100%.

Para encontrar essa informação, basta acessar a lupa de busca do Status Invest e digitar o nome da empresa ou seu código de ação (ticker).

Nas informações da empresa, é apresentado o segmento de listagem no qual a companhia é classificada. Com isso, é possível identificar o percentual de Tag Along oferecido.

De acordo com a B3, os requisitos são:

Portanto, é possível afirmar que acionistas de empresas pertencentes ao Novo Mercado, Nível 2 e Bovespa Mais contam com um Tag Along de 100%.

Vantagens do Tag Along

Existem algumas vantagens do tag along. Uma delas é o benefício que assegura diretamente o acionista minoritário, que poderia correr riscos financeiros em caso de mudanças no comando de uma companhia. Quanto maior o seu percentual, mais segurança o investidor possui para aplicar o seu dinheiro, caso confie na gestão atual após uma análise dos fundamentos da empresa.

Ou seja, o Tag Along representa a garantia de que, imaginando que suas ações irão perder valor no mercado, o acionista minoritário poderá vender suas ações por um preço atrativo.

Assim, evitando prejuízos financeiros. Vale lembrar que o uso desse direito é de total escolha do investidor, e deve ser feito no momento certo.

Devido à complexidade do mercado financeiro, é possível que um investidor venda seus papéis esperando uma queda em seus preços e presencie uma valorização.

Desvantagens do Tag Along

Por outro lado, existem algumas desvantagens do tag along. Sendo um direito não obrigatório, o Tag Along não está presente em todas as classes de ações negociadas na bolsa, sendo obrigatório apenas para as ações ON.

Além disso, também não está presente em alguns dos segmentos de listagens existentes, principalmente para quem possui ações preferenciais.

Por isso, se o direito do Tag Along for relevante para o investidor, ele precisa identificar se a empresa de seu interesse o oferece, e em percentuais satisfatórios.

Foi possível saber mais sobre Tag Along? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

Adicione Comentários