PSR

P

O que é o PSR?

O índice PSR é uma métrica utilizada na análise fundamentalista para indicar o desempenho da receita líquida de uma companhia.

Esse indicador é semelhante ao Preço/Lucro, mas compara o valor de mercado da empresa com sua Receita Operacional Líquida, e não com o Lucro Líquido.

Para os investidores, o PSR – ou Price to Sales Ratio (Preço/Vendas) – apresenta informações relevantes sobre a valorização de uma companhia dentro do mercado de capitais.

É importante destacar que o valor desse índice varia de acordo com o setor de atividade, já que está diretamente relacionado com a receita.

Portanto, para fins de comparação, é importante utilizá-lo com empresas semelhantes.

Origem do índice PSR

O PSR se tornou mundialmente conhecido após o lançamento da obra Super Stocks em 1984, do analista Kenneth Fisher, que promoveu o uso do PSR como um modo de encontrar ações atraentes.

Como interpretar o PSR?

A Receita e o Lucro de uma empresa representem cálculos distintos, e nem sempre um negócio que vende bem possui boa lucratividade.

Por isso, ao analisar o PSR é possível concluir que empresas com índice menor que 1,0 conseguem gerar mais receita em comparação com seu valor de mercado.

É comum que investidores não utilizem o PSR isoladamente, mas junto com o Preço/Lucro (P/L), para comparar o lucro por ação entre empresas.

Isso ocorre porque um PSR baixo, isoladamente, não é uma representação fiel de uma boa realidade financeira.

Basta imaginar uma empresa com P/L baixo, considerado bom, mas causado por um lucro não-recorrente, ou seja, gerado por vendas não relacionadas à sua atividade operacional.

O que indicaria essa informação para o investidor, nesse caso, seria um PSR alto.

Em uma situação inversa, com um P/L alto, seria possível identificar se algo afetou o resultado financeiro de forma ocasional através de um PSR baixo.

Isso porque, com o PSR, é possível identificar se a receita líquida de uma companhia é proporcional ao seu lucro obtido.

Assim, ajudando a validar a análise do investidor.

Como calcular o PSR?

A fórmula para o cálculo do PSR é a seguinte:

PSR = Preço da Ação / Receita Líquida por Ação

É possível utilizar esse cálculo para procurar empresas com valor abaixo de 1.

Além disso, o PSR pode ser utilizado para fins de comparação entre as chances de retorno de lucro de empresas do mesmo setor.

Exemplo de utilização do PSR

Para exemplificar o uso do PSR, basta supor que uma empresa “X” possui uma Receita Líquida nos últimos 12 meses de R$300 milhões, e 12 milhões de ações no mercado custando R$23,00.

Nesse caso, o valor de mercado seria de 12M x 23 = R$276 milhões.

Aplicando esses resultados à fórmula do PSR, temos o seguinte resultado:

PSR = 276M / 300M

PSR = 0,92.

Supondo que a média do setor de mercado da empresa seja 1,1, é possível concluir que suas ações estão subvalorizadas pelo mercado, o que indica um momento de compra.

Limitações do PSR

Apesar de ser bastante útil na análise do preço de uma ação, o PSR não é suficiente para identificar as condições financeiras de uma empresa.

Para isso, outros indicadores como a Margem de Lucro, Endividamento e Preço/Lucro também devem ser utilizados.

Além disso, empresas com alta dívida e com risco de quebra podem apresentar uma taxa baixa, que supostamente seria positiva.

No entanto, isso é apenas resultado de um volume de vendas constante, enquanto o preço da ação e o valor de mercado estão muito baixos.

Outro ponto importante na análise do PSR é a discrepância entre os resultados de empresas de diferentes setores, já que o volume de vendas pode variar entre eles.

Por isso, o uso comparativo do PSR sempre deve ser feito entre companhias do mesmo setor.

Adicione Comentários