CAGR

C

O que é CAGR?

O CAGR (Taxa de Crescimento Anual Composta) é a taxa de retorno anual que é necessária para que um investimento parta de um valor inicial para um valor final esperado em um período estipulado.

O CAGR não é capaz de medir o retorno real de um investimento, uma vez que seu cálculo utiliza uma razão de crescimento, algo que não funciona exatamente desse modo na prática.

No entanto, o CAGR serve para oferecer uma referência na comparação entre investimentos a partir de uma média de crescimento. Sendo assim, essa ferramenta é bastante relevante para a análise de investimentos, podendo ser utilizada por fundos, analistas e demais investidores.

Como interpretar o CAGR?

O CAGR deve ser utilizado como uma média para avaliar o retorno de investimentos, não representando um valor exato. Isso ocorre pois esse indicador não considera todos os aspectos da volatilidade, comum nos diferentes tipos de aplicações financeiras.

Além disso, a Taxa de Crescimento Anual Composta também não utiliza informações sobre aportes e resgates durante o período inicial e final de um investimento. Por esses motivos, deve ser utilizada apenas para fins de comparação.

Como calcular o CAGR?

O CAGR não está relacionado ao valor dos investimentos durante um período, mas apenas em sua fase inicial e final, levando em conta o valor nesses dois períodos.

Por isso, você deve utilizar as seguintes informações para calcular o CAGR:

  • Valor inicial do investimento (VI);
  • Valor final do investimento (VF);
  • Período total da aplicação (N).

O período é sempre considerado em anos. A fórmula do CAGR é:

Exemplo de utilização do CAGR

Por mais que pareça uma fórmula complexa, a resolução do cálculo da Taxa de Crescimento Anual Composto é bastante simples. Basta imaginar:

Em janeiro de um ano, é feito um investimento de R$5.100 mil em uma empresa e, ao final deste ano, o valor aumentou para R$9 mil. No próximo ano, com uma data de retorno menor, esse valor aumenta para R$11 mil até o mês de dezembro.

Para descobrir o CAGR nessa situação, basta calcular a razão entre 11.000 e 5.100, elevar o resultado a 1/2 e subtrair 1.

Nesse caso, o CAGR resulta em 46,86%

Com isso, é possível entender a viabilidade deste investimento comparando-o com o CAGR de outras aplicações.

Limitações do CAGR

Como dito anteriormente, o CAGR é apenas uma representação numérica de uma evolução, não podendo ser um indicador exato dentro de uma análise aprofundada de um investimento. O motivo para isso são algumas limitações desse cálculo, que não considera os altos e baixos comuns dentro de uma evolução empresarial nem aplicações feitas durante o período analisado.

Características como a inconstância dos investimentos e o risco envolvido nas aplicações são bastante importantes para que uma análise possa ser feita de maneira fiel e segura. Por isso, o CAGR é recomendado apenas para fins comparativos entre a viabilidade de aplicações financeiras.

Foi possível saber mais sobre CAGR? Deixe suas dúvidas no espaço abaixo.

 

2 comentários