Lucro Bruto

L

O que é Lucro Bruto?

O lucro bruto ou lucro das vendas é o valor obtido por uma organização após retirar os custos relacionados a produção e comercialização dos produtos ou serviços oferecidos pela organização de sua receita líquida.

Dessa forma, o lucro bruto pode ser compreendido como a diferença entre a receita obtida em relação aos custos da companhia.

Dentre os custos variáveis que estão presentes nas organizações, pode-se considerar os seguintes exemplos:

  • Materiais para produção;
  • Instrumentos de produção;
  • Taxas de cartão de crédito.

Além disso, o lucro bruto é uma maneira de verificar como funcionam as operações relacionadas aos gastos da empresa para produzir seus produtos e o retorno financeiro obtido através dessa produção.

Como interpretar o Lucro Bruto ?

O lucro bruto objetiva verificar a relação entre a produção e o lucro alcançado pela empresa. Assim, para realizar a interpretação do lucro bruto não devem ser considerados indicadores como, os gastos administrativos.

Dessa forma, para interpretar o lucro bruto é relevante entender que a diferença entre a receita e os custos variáveis precisa apresentar um resultado positivo, visto que, caso o resultado seja contrário, isto é, negativo, pode-se interpretar que a empresa não possui uma boa lucratividade.

Como calcular o Lucro Bruto ?

O Lucro Bruto pode ser calculado mediante a subtração da receita da organização, pelos custos que são adquiridos para produzir os produtos comercializados posteriormente.

Desse modo, pode-se utilizar a seguinte fórmula:

  • Lucro bruto = Receita – Custos Variáveis

Entretanto, a definição dos tipos de despesas variáveis dependerá do segmento que a empresa atua, dado que, as despesas variam entre as organizações. Assim, deve-se usar os custos obtidos mediante os níveis de produção dos serviços ou produtos.

Exemplos de Lucro Bruto

No cálculo do lucro bruto é relevante compreender que os custos variam mediante o quantitativo de produção e comercialização. Assim, os custos variáveis de uma organização acompanham seus aumentos na produção, como também, suas quedas.

Por exemplo, a empresa X fabrica canetas e obteve os seguintes valores:

  1. Quantidade de canetas produzidas: 8.000 unidades;
  2. Preço das canetas: R$4 unidade;
  3. Custo por unidade de caneta produzida: R$ 1,50.

Dessa forma, mediante essas informações, será possível obter as receitas totais da empresa com a comercialização dos seus produtos, que neste exemplo, tem-se R$ 32 mil (8.000 x R$4) e os custos variáveis de R$12 mil (8.000 x R$1,50).

Portanto, após a subtração do valor das receitas totais (R$32 mil) pelo total dos custos variáveis ( R$12 mil), obtém-se o quantitativo do lucro bruto, que neste caso é de R$20 mil.

Limitações do Lucro Bruto

Primeiramente, é válido compreender que através do lucro bruto será possível verificar a lucratividade das organizações e se necessário criar estratégias que possam diminuir os custos relacionados a produção de produtos e serviços que integram o catálogo empresarial.

Entretanto, o lucro bruto possui algumas limitações como, não levar em consideração todos os custos envolvidos na produção, como acontece no cálculo do lucro líquido.

Portanto, recomenda-se analisar o lucro bruto, em conjunto, a outros indicadores disponíveis no mercado financeiro, para obter assim, uma métrica mais próxima da realidade da organização.

Foi possível saber mais sobre lucro bruto? Deixe suas dúvidas nos comentários.

Adicione Comentários