IPCA HOJE (últ. 12m)

3,926 %
Maio, 2024 0,460%
Acumulado do Ano 2,27 %
2024
IPCA - Maio 0,46 %
Maio, 2024

Qual o valor do IPCA Hoje?

O IPCA hoje registra uma taxa de 3,926% ao ano. No IPCA acumulado de 2024, esse índice atingiu 2,269%, enquanto em 2023 alcançou 4,621%.

O que é IPCA?

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, ou simplesmente IPCA, refere-se como sendo um dos principais índices na representação da inflação em território nacional.

Dessa forma, é válido compreender que o IPCA está relacionado à perda do poder de compra do dinheiro. Isto é, quando o valor dos produtos ou serviços começam a ser elevados, pode-se inferir que esses preços estão sofrendo com a inflação. Caso contrário, ou seja, o valor dos produtos esteja baixando, pode ser visto como uma deflação.

Dessa forma, observa-se que o IPCA costuma seguir a lei da oferta e demanda, ou seja, quando a demanda por um determinado produto é elevada, o preço tende a subir.

Sendo assim, o IPCA tem o intuito de proporcionar que o Banco Central possa manter o controle da política monetária, para assim, atingir a meta para a inflação.

Em resumo, quando ocorre aumento do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o custo de vida da sociedade também aumenta. Em comparação, quando o custo de vida da população torna-se mais barato, verifica-se uma redução na taxa do IPCA.

Variação do IPCA em 2024

Como funciona o IPCA?

O IPCA é elaborado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O cálculo do índice é realizado pelo instituto nas principais cidades do Brasil com o intuito de refletir o custo de vida dos habitantes nessas regiões. Para que o IPCA funcione, é utilizado como uma base de referência, a média de consumo das famílias detentoras de 1 a 40 salários como renda. Dessa maneira, é possível alcançar uma média e descobrir o IPCA do período. Dado que, todos os meses o IBGE calcula o IPCA nas regiões metropolitanas de São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Fortaleza, Recife, Fortaleza, Belém, Vitória, Goiânia, Campo Grande, São Luís, Rio Branco, Aracaju e Brasília. Sendo assim, apesar de não ser calculado em todas as cidades que abrangem o território nacional, vale para todas as cidades e regiões brasileiras. Além do IPCA, o IBGE também trabalha com índices parecidos e que atuam como um complemento no estudo da inflação. Logo, observa-se que o IPCA funciona como uma base para o Banco Central, Governo Federal e população para se atentarem à evolução da inflação no país.

Como o IPCA é calculado?

Para calcular o IPCA é necessário incluir famílias que possuam uma renda mensal que varie entre 1 a 40 salários mínimos. Sendo assim, para realizar o cálculo do IPCA deve-se levar em consideração os serviços e produtos que são consumidos pelos indivíduos que estão dentro da faixa de renda para o cálculo do IPCA.

Logo, o IBGE realiza uma Pesquisa de Orçamento Familiar que, geralmente, detém informações sobre hábitos de consumo e gastos familiares. Dessa forma, mediante essa pesquisa é realizada uma ponderação de cada item que compõe a cesta de compras de produtos.

Para realizar o cálculo do IPCA são coletados dados em estabelecimentos comerciais, concessionárias de serviços públicos, como também, nos domicílios, ressaltando que os dados são coletados durante todo mês, para assim, realizar o cálculo e a divulgação do IPCA. Sendo assim, dentre os principais produtos e serviços utilizados para realizar o cálculo do IPCA estão:

  • Transportes;
  • Alimentação e bebidas;
  • Habitação;
  • Saúde;
  • Educação;
  • Comunicação;
  • Vestuário.

Portanto, para realizar o cálculo é feita uma média que leva em consideração o peso de cada localização e através do resultado da pesquisa é possível verificar a movimentação dos preços nas regiões brasileiras. Sendo assim, através das movimentações acontece a determinação do IPCA.

Quais Investimentos São Atrelados ao IPCA?

De início, é importante ressaltar que os investimentos atrelados ao IPCA, geralmente, rendem o mesmo percentual da inflação e possuem um segmento da rentabilidade prefixada.

Sendo assim, dentre os investimentos atrelados ao IPCA, estão:

  • Tesouro Direto;
  • Papéis bancários;
  • Fundos de inflação.

Como Ganhar Mais Que O IPCA?

O índice IPCA é definido mensalmente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Dessa forma, para ganhar mais que o IPCA é muito importante que os investidores busquem rentabilidades que estejam acima da inflação, ou seja, rentabilidade real.


Assim, caso o investimento esteja abaixo da inflação, significa que está sendo perdido poder de compra. Logo, o IPCA acaba sendo muito usado como indexador para aferir e obter garantia de estar sempre acima da inflação.


Além do mais, é relevante buscar títulos que oferecem remunerações acima do IPCA, chamada taxa de juros real, garantindo assim, que os valores vão ficar protegidos contra a inflação.


Vale ressaltar que buscar investimentos em renda variável também pode ser uma opção de ganho acima da inflação, visto que no longo prazo essa classe de ativo superou a inflação historicamente.