Liquidez Corrente

L

O que é Liquidez Corrente?

A liquidez corrente é um indicador usado para mensurar, a curto prazo de tempo, a capacidade de pagamento de uma companhia. Desse modo, a liquidez corrente busca obter a razão entre o ativo circulante da companhia pelo passivo circulante.

Dessa forma, através da liquidez corrente é possível analisar a capacidade de pagamento de uma empresa, que pode ajudar a identificar a saúde do negócio.

Como interpretar a Liquidez Corrente?

A liquidez corrente possui o propósito de mensurar a capacidade de pagamento de uma companhia. Desse modo, existem algumas interpretações da liquidez corrente que possibilitam a compreensão dos resultados, dentre essas interpretações, estão:

  1. Maior que 1 – Caso a liquidez corrente apresente um resultado maior que 1, significa que a companhia possui uma capacidade de pagamento relativamente boa, ou seja, expõe que a empresa possui um líquido positivo;
  2. Menor que 1 – Entretanto, se o indicativo da liquidez corrente apresentar um resultado inferior a 1,  demonstra que a empresa como dependente de geração de caixa, dado que, o ativo circulante está inferior ao passivo circulante;
  3. Igual a 1 – Além disso, caso o indicativo da liquidez corrente apresente um resultado igual a 1, revela que o capital da empresa e seus pagamentos estão proporcionais.

Em síntese, quanto maior for o índice de liquidez corrente de uma empresa, melhor serão as finanças da companhia.

Como calcular a Liquidez Corrente?

De início, é preciso compreender sobre os conceitos que compõem o cálculo da liquidez corrente, dentre eles estão o ativo circulante e o passivo circulante.

  • Ativo circulante: representado pelas disponibilidades financeiras, ou seja, bens e direitos que poderão ser convertidos em capital, durante um curto espaço de tempo.
  • Passivo circulante: caracterizado pelas obrigações que uma companhia precisa pagar durante o período de 1 ano, dentre as obrigações podem ser classificados os empréstimos e impostos.

Dessa forma, para calcular a liquidez corrente de uma empresa será necessário dividir o ativo circulante pelo passivo circulante, da seguinte forma:

Liquidez corrente =    Ativo circulante / Passivo circulante

Assim, será possível verificar a capacidade de uma empresa, durante o curto prazo, de quitar suas contas.

Exemplo de utilização da Liquidez Corrente

Primeiramente, antes de utilizar a liquidez corrente é  necessário obter o ativo circulante e o passivo circulante da empresa, para assim, realizar a análise.

Após adquirir os dados necessários, será possível calcular a liquidez corrente, exemplificando, caso o ativo circulante seja R$ 250 milhões e o passivo circulante for R$ 50 milhões, significa que a liquidez corrente é de 250÷50 = 5.

Limitações da Liquidez Corrente

A liquidez corrente é calculada por meio de informações de balanço, tornando-se, assim, um indicador que pode apresentar resultados diferentes, mediante o momento utilizado.

Dessa forma, como a liquidez corrente não é vista como um indicador de período, ela é exposta a algumas limitações, por isso, é um indicador que não deve ser analisado sozinho, visto que, para verificar a liquidez da empresa é relevante acompanhar outras métricas disponibilizadas.

Além da liquidez corrente, outros indicadores que integram o subgrupo de indicadores de liquidez, também estão expostos a essa limitação como, a liquidez seca e o indicador de liquidez geral.

Foi possível saber mais sobre Liquidez Corrente? Deixe suas dúvidas nos comentários abaixo.

Adicione Comentários